A importância de ter uma boa estimativa de gastos na hora de fazer orçamento

Saber quanto será investido na construção ou reforma que está sendo feita é fundamental para não ter gastos desnecessários. Por ser uma das partes imprescindíveis de todo o trabalho, merece uma atenção especial. Claro que fazer um bom orçamento não é uma tarefa simples: seja a quantidade de materiais utilizados ou quantos profissionais serão contratados para a obra, fechar a conta exata é uma tarefa quase impossível. Por isso, separamos algumas dicas para você acertar na hora de fazer o orçamento.

Antes disso, é importante saber que todas as despesas de uma obra são classificadas em dois tipos de custos: os diretos e os indiretos. Os diretos são todos os gastos que serão aplicados diretamente na obra. Normalmente são aqueles gastos previstos com materiais de construção, mão de obra, serviço, entre outros. Eles normalmente representam mais da metade do gasto total (de 70% a 90%). Já os indiretos são os gastos que têm até alguma relação com a obra, mas que não são aplicados na obra. Gastos com as taxas da prefeitura, custos com combustível para acompanhar o andamento da obra e taxas para fazer a ligação da água e energia são alguns dos exemplos. Eles representam o valor restante (de 10% a 30%).

Com tudo isso explicado de forma detalhada, vamos para o que importa. O primeiro passo é definir o objetivo da construção. Sem saber exatamente o que quer fazer, a construção passará de uma solução para um problema, pois o custo será muito mais do que realmente ele era necessário. Antes de qualquer compra, pesquise outras referências e veja se cabe no orçamento.

O segundo passo é criar um cronograma. Toda obra precisa seguir etapas bem definidas. Com isso, é possível ter um controle de quanto será gasto nos cômodos e evitar eventuais transtornos na obra. Por ser um ponto fundamental para o andamento da obra, não precisa ter pressa. É importante fazer consultas com os profissionais que trabalharão na obra para evitar danos nas estruturas da obra. Sem isso, há o risco de perder oportunidades de economia em diversos produtos. Por isso, é necessária uma boa pesquisa em lojas de construção ou na internet antes de comprar todos os itens da lista. Ressaltamos, ainda, a necessidade de ter sempre especialistas por perto na hora de realizar essas consultas.

O próximo passo para economizar é saber barganhar. Negociar com os fornecedores pode fazer a diferença na hora do orçamento. Na hora de fazer a compra de algum produto, tente sempre adquirir dois ou mais materiais com o mesmo fornecedor. Isso pode ajudar na hora de ter melhores condições de pagamentos e, quem sabe, descontos. Seguindo a todos esses passos, vai ser possível economizar um bom dinheiro na obra e ainda ter um serviço de qualidade.

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quem trabalha com reforma ou construção civil está sempre atento às mudanças de mercado. Por isso, desde 2005, a Ferreira Costa criou o clube do profissional, para capacitar os profissionais sobre as atividades tendências através de cursos e oficinas gratuitos.

Copyright © 1884-2020  ·  Ferreira Costa LTDA CNPJ n.º 10.230.480/0019-60  ·  Av. Mal. Mascarenhas De Morais, nº 2629/2967  ·  Imbiribeira, Recife, PE, CEP 51150-090